Empreendendo em casal

            ↺ Voltar

Love WEEK empreendendo em casal

E aí, empreendedores Park! Nesta semana, o especial #loveweek está rolando aqui no Blog da Park e, é claro, nas nossas redes sociais. Isso porque, hoje (12/06), se comemora o Dia dos Namorados aqui no Brasil. E como a gente não perde a oportunidade de falar sobre empreendedorismo e negócios mesmo numa semana tão especial como essa, é claro que preparamos um tema super legal para você que nos acompanha por aqui. Aproveitando a semana do amor, vamos falar sobre o empreendedorismo em casal!

É isso aí. Se você tem um companheiro ou companheira da vida toda e vocês estão pensando em dar aquele up nas finanças, que tal levar esta parceria para os negócios? Pode ser uma tarefa difícil, mas nossos franqueados Ana e Cadu, proprietários da Unidade Uberlândia Shopping (Uberlândia/MG), provaram pra gente que é possível!

Para que você e seu amor se inspirem, separamos algumas dicas de ouro para empreender em casal e crescer ainda mais juntos. Confira!

  • Desenvolvam suas inteligências emocionais

Empreender em casal significa ter um companheiro para o que der e vier – e esse combo vem com horas de trabalho conjunto, stress, possíveis fracassos e dificuldades no negócio… e tudo isso não deve ser levado para casa! Quando se empreende junto, é essencial saber delimitar a vida matrimonial e a corporativa – do contrário, ambas podem sair prejudicadas!

 

  • Respeitem suas figuras corporativas

Quando você está em um relacionamento, é normal agir com mais naturalidade e descontração perto da pessoa amada – mas isto pode ser um problema para o negócio. Em interações com a equipe, clientes e parceiros, lembre-se de, acima de tudo, tratar um ao outro como sócio e respeitar sua figura corporativa dentro da empresa. Isso passa mais segurança e demonstra domínio da inteligência emocional.

 

  • Exercitem a comunicação

Enquanto sócios, é essencial que a dupla conheça o negócio em sua totalidade. Por isso, a comunicação é tão importante: ela ajuda o casal a fazer pontes entre suas diferentes tarefas e responsabilidades enquanto empresários e, portanto, aumenta o senso de liderança e facilita o planejamento estratégico. E, levando essa “habilidade” para o casamento, o diálogo se faz mais presente e os problemas e empecilhos se resolvem de maneira muito menos desgastante.

 

Pronto para empreender com seu amado? Então venha para a Park Idiomas e siga o exemplo da Ana e do Cadu! Estamos esperando por vocês 😉