O inglês e o mercado de trabalho

            ↺ Voltar

Já sabemos que o inglês é a uma das línguas mais faladas no mundo. Por ser uma língua relativamente simples em relação à outras das mais faladas, como mandarim e espanhol, o inglês acaba ocupando o posto de idioma mais utilizado no ambiente corporativo e das relações internacionais.

Além disso, com os crescentes processos de globalização, a língua Inglesa acabou sendo incorporada ao nosso vocabulário, ganhando cada vez mais espaço em nossas vidas e influenciando diretamente os mais diversos e amplos aspectos em nossas rotinas.

Por esses motivos, é natural o protagonismo que este idioma assumiu no mercado de trabalho da atualidade. Não é incomum encontrarmos anúncios de vagas onde o inglês é um dos principais requisitos para contratação – algumas empresas até mesmo descartam candidatos antes mesmo de entrevista-los se o inglês não consta no currículo. Pesquisas salariais indicam uma diferença salarial de até 60% entre empregados que possuem um segundo idioma e empregados monolíngues.

Mesmo com essa presença da vez maior da língua inglesa em nosso cotidiano, a maioria dos profissionais do meio corporativo se enquadra, no máximo, entre os níveis básico e intermediário. A fluência segue como um importante diferencial no mercado – principalmente no Brasil, onde menos de 1% da população possui algum nível de fluência, como já comentamos aqui no blog.

Quer se destacar na sua profissão? Invista na fluência em inglês! Com a Park Idiomas, você aprende o inglês da mesma forma com que aprendeu o português: por meio da fala. Em menos de 140 horas/aula, você alcança a tão desejada fluência e se prepara cada vez mais para encarar o mercado de trabalho.

Seja um aluno Park e descubra que, com a gente, falar é natural! 😉