Paixão pelo que se faz

            ↺ Voltar

23.07-BLOG

Hello, entrepreneurs! Há alguns dias falamos aqui no Blog sobre a importância da inteligência volitiva para o mundo dos negócios, e como ela faz parte de uma triangulação importante para o empreendedor moderno quando associada às inteligências racional e emocional. Nesta semana, vamos falar um pouco mais sobre uma das bases da inteligência volitiva: a paixão pelo que se faz.

No livro “Inteligência Volitiva: A inteligência associada ao poder de realizar”, nosso CEO & Founder Eduardo Pacheco fala sobre como é importante estarmos em sintonia com nossos propósitos para seguirmos em frente e desenvolvermos o poder de realização. A paixão pelo seu negócio e pela sua carreira deve mover e direcionar todo o empreendimento, desde seu planejamento estratégico até os planos práticos e operacionais.

Com as rotinas agitadas e a alta competitividade do mercado, não é incomum que empreendedores e gestores se percam em meio à lógica do lucro e do sucesso, fazendo com que o propósito e a paixão se dispersem. Assim, perde-se a fundação básica da inteligência volitiva e um dos alicerces da inteligência integral.

A paixão pela área da Educação é o que te move? Não atrase os seus sonhos e faça parte do time Park!