Segunda língua e autoestima

            ↺ Voltar

16.08-BLOG

Um dos problemas mais recorrentes entre a geração millennial é a autoestima prejudicada. Crescidos em um contexto transmidiático onde os estímulos visuais imperam, a comparação é um comportamento natural deste grupo de indivíduos. Também graças ao domínio da tecnologia nas relações e na Comunicação, a introspecção e a dificuldade na comunicação oral também são comuns em jovens desta faixa etária.

Nesse sentido, o aprendizado de uma segunda língua pode ajudar no desenvolvimento da confiança e das habilidades de comunicação oral. E isto pode acontecer de muitas formas: o bilinguismo pode aguçar sua percepção em relação à outras formas de comunicação, proporcionar um maior controle sobre sua atenção e, ainda, gerar mais empatia – facilitando a comunicação interpessoal e o relacionamento com terceiros.

Estes fatores são determinantes no aumento da autoconfiança. Além deles, dominar uma língua estrangeira com perfeição e ser capaz de se comunicar por meio dela podem ser medidas de emancipação e autonomia – essenciais na construção da autoestima. Também estão envolvidas as sensações de realização proporcionadas ao vermos nossos esforços recompensados e nossas metas atingidas.

Na Park Idiomas, tudo isso é potencializado pelo nosso exclusivo Método Park, que têm como foco principal o desenvolvimento da confiança e da comunicação oral. Seja um aluno Park e descubra o que nós podemos fazer pela sua autoestima! \0/