Planejamento estratégico para escola de idiomas

      ↺ Voltar

planejamento estratégico

Já falamos aqui no blog sobre as vantagens de se tornar um empreendedor. Mas, para garantir que seu empreendimento tenha sucesso, é preciso um olhar diferenciado sobre a gestão e o funcionamento do negócio, estabelecendo metas e planejando ações para alcançá-las. A esse olhar, damos o nome de planejamento estratégico.

Mas você sabe o que é um planejamento estratégico?

O planejamento estratégico é uma ferramenta empresarial que ajuda os empreendedores a definirem os objetivos principais de um negócio, para onde a empresa quer ir, recursos que serão utilizados, comparando isso com dados de mercado e oportunidades. Como é uma ferramenta que deve ser aplicada continuamente, o dono de uma escola de idiomas, nosso foco aqui neste post, pode escolher quais serão as melhores estratégias para as vendas, diferenciação e expansão.

Não confunda plano de negócio com planejamento estratégico

O Plano de Negócios e o Planejamento Estratégico possuem, praticamente, o mesmo viés de estrutura e elaboração. Sua diferenciação é a temporariedade, ou seja, sua aplicação no tempo.

Quando você inicia o projeto da sua escola de idiomas, deve ter como prioridade elaborar um plano de negócio na qual você deve apresentar todos os detalhes e premissas desse novo empreendimento.

O plano de negócio também é utilizado, se a escola já é estabilizada, quando o dono decide apresentar projetos de expansão ou em momentos de reavaliação da operação atual. Diferentemente de um planejamento estratégico, que tem como função principal definir os objetivos da sua escola de idiomas.

Leia mais: O mercado de franquias continuará crescendo em 2019

Os passos para a criação de um planejamento estratégico para a sua escola de idiomas

Primeiro passo: dê atenção ao público-alvo

No caso de uma escola de idiomas, o público-alvo do planejamento são os consumidores finais. O objetivo, aqui, é engajá-los a se matricularem e fidelizá-los, até porque não adianta uma infinidade de matrículas se a retenção é baixa. Por causa disso, é preciso dar atenção especial aos alunos, entender seus hábitos e oferecer serviços de qualidade.

É possível segmentar os alunos em quatro principais aspectos:

  • Geográficos: cidade, estado, país, etc.
  • Demográficos: idade, sexo, raça, classe social, etc.
  • Psicográfico: estilo de vida, valores sociais, visão de mundo.
  • Comportamental: atitudes, benefícios buscados, etc.

Ao estudar e entender seu público-alvo, você poderá elaborar uma estratégia mais eficaz de engajamento e retenção. Essas informações poderão ser vistas como um ponto forte no aspecto mercadológico, além de poderem representar uma ótima vantagem em relação aos concorrentes.

Segundo passo: definição de objetivos

Já sabemos que você está inserido dentro do mercado de educação, então podemos considerar que sejam levantados os dados referentes a: fatia do mercado da escola de idiomas que quer atingir, seus pontos fracos e pontos fortes, público-alvo, concorrentes, o faturamento esperado da própria empresa, número de potenciais clientes etc. Assim, é possível determinar quais serão os próximos passos da estrutura do planejamento.

Terceiro passo: foco nas metas

A partir dos objetivos acima, é hora de tangibilizar esses indicadores. Por exemplo, se você determinou que o seu objetivo primário é o aumento de receita, as metas podem ser definidas a partir do número de alunos atraídos ou de matrículas finalizadas para determinado período.

Objetivo: aumento de receita, que significa basicamente conseguir novas matrículas.
Meta: 35 novos alunos, em seis meses do mesmo ano.

Leia mais: Carreira – como atingir suas metas.

Quarto passo: acompanhamento

Traçou objetivos e metas? É hora de fazer o acompanhamento dos resultados, por meio de indicadores de desempenho.

Porque de nada adianta ter todo o cuidado com a definição de metas, se a sua escola de idiomas não monitorar se estão sendo alcançadas. E, se a performance não estiver sendo a esperada, você deve definir um novo plano ou, ao menos, alguns ajustes para atingir as metas.

Independentemente de como você estruturar esse planejamento estratégico, é muito importante fazer um estudo baseado em fatos e estar disposto a estar sempre em beta, ou seja, pronto para estar em constante transformação e fazer ajustes para alcançar os melhores resultados.

Agora que já sabe como fazer, que tal começar a aplicar ou aprimorar o planejamento estratégico em sua escola de idiomas?