Qual é o melhor tipo de financiamento para franquias de inglês?

      ↺ Voltar

Ao decidir pelo investimento em uma franquia de inglês, o empresário começa a ponderar diversos aspectos relevantes para o início de um negócio, entre eles está o capital para investimento. É comum, nesses casos, uma avaliação sobre o melhor tipo de financiamento e também sobre a possibilidade de um sócio.

Inicialmente, é indicado que o empresário mantenha contato com a franqueadora em busca de informações mais completas e que permitam traçar um plano de ação para o negócio. Entre as informações disponibilizadas pela franquia de inglês que podem auxiliar na decisão destacam-se:

  • Investimento inicial necessário;
  • Tempo médio para retorno sobre o investimento;
  • Taxa de franquia e outras.

A franqueadora também pode disponibilizar profissionais capacitados para auxiliar o empresário a avaliar as melhores opções de financiamento para o caso específico, além de ajudar a reduzir os riscos de investimento, a partir de uma consultoria com conhecimento de mercado. Neste sentido, a franquia permite que o empreendedor tenha acesso a informações sobre as despesas e os possíveis lucros.

Após um contato com a franquia de inglês, a fim de conhecer melhor as particularidades do segmento de ensino de idiomas e também as contrapartidas da franqueadora, que proporcionarão mais segurança, é o momento de procurar as opções de financiamento disponíveis no mercado.

Quais os tipos de financiamento para franquias de inglês?

Existem diversos tipos de financiamento disponíveis no mercado, sendo importante avaliar qual capital o empresário já possui e quanto seria necessário financiar para dar início ao negócio. Além do capital próprio, é possível contar com outras alternativas de investimento, tais como:

  • Investidores: nesses casos, pessoas com capital disponível para investimento avaliam todas as contrapartidas do negócio, considerando os riscos do empreendimento, o capital necessário e o tempo previsto para retorno. Enquanto investidores, normalmente possuem participação nos lucros da franquia;
  • Fornecedores: é possível que, tendo capital suficiente para a franquia, o empresário acerte preços e condições de pagamento vantajosas com fornecedores, visando ter menos gastos iniciais com infraestrutura e equipamentos;
  • Instituições financeiras: bancos e outras instituições financeiras de crédito costumam ter linhas de financiamento para empresários, oferecendo diversas vantagens em prazos e juros, permitindo que o empreendedor só comece a pagar quando o negócio estiver mais estabilizado.

Independente do modelo de financiamento escolhido, o empresário pode utilizar cases de sucesso e estimativas da franquia de inglês para conseguir mais vantagens no tipo de financiamento escolhido, demonstrando que os riscos são baixos, mas, em contrapartida, os lucros são elevados em outras unidades da franquia, o que torna o investimento mais seguro.